top of page

O valor da cultura empresarial para as novas gerações



Como a cultura empresarial pode se adaptar às novas gerações e quais são as principais características que as empresas precisam considerar para atrair e reter talentos dessas gerações.

A cultura empresarial é um elemento crucial para o sucesso de qualquer organização e, nas empresas atuais, ela é especialmente importante quando se trata de atrair e reter talentos das novas gerações.

A geração Y (Millennials) e a Z estão cada vez mais presentes no mercado de trabalho, trazendo consigo expectativas e valores diferentes em relação ao trabalho e à vida profissional.

Entretanto, antes de falarmos sobre como a cultura empresarial é valorizada pelas novas gerações, vamos voltar um pouco e explicar sobre o conceito de cultura.

A cultura pode ser definida como o conjunto de valores, crenças, comportamentos, tradições e práticas compartilhados por um grupo de pessoas.

Esse conjunto é moldado pelas experiências coletivas e históricas, que são transmitidas de geração em geração, por meio de símbolos, rituais e linguagem. A cultura é um aspecto fundamental na identidade de um grupo ou sociedade, influenciando a maneira como as pessoas pensam, agem e se comunicam entre si. Ela pode se manifestar em várias áreas da vida, incluindo na arte, religião, política, economia, alimentação, comportamento social e, é claro, no trabalho.

Por isso, neste artigo, discutiremos como a cultura empresarial pode se adaptar às novas gerações e quais são as principais características que as empresas precisam considerar para atrair e reter talentos dessas gerações.

As expectativas das novas gerações

As novas gerações têm expectativas diferentes em relação ao trabalho e à vida profissional em comparação com as anteriores.

As gerações Y e Z tendem a valorizar a flexibilidade, colaboração e diversidade no local de trabalho. Logo, buscam por trabalhar em empresas que valorizam a diversidade e a inclusão e oferecem equilíbrio entre vida pessoal e profissional.

A cultura empresarial para as novas gerações

Para atrair e reter talentos, as empresas precisam de uma cultura empresarial que se alinhe às expectativas das novas gerações. Por isso, algumas das principais características que elas devem considerar incluem:

Flexibilidade: as organizações ganham pontos ao oferecer horários flexíveis e a opção de trabalho remoto, permitindo que os funcionários equilibrem sua vida pessoal e profissional. Isso pode incluir a adaptabilidade no horário de trabalho ou a oferta de licença parental remunerada.

Ambiente colaborativo: o ambiente de trabalho deve incentivar a colaboração e o trabalho em equipe. Isso pode ser alcançado por meio de projetos em grupos, brainstorming ou reuniões regulares com várias áreas e times.

Inclusão: a valorização da diversidade e inclusão cria um ambiente de trabalho acolhedor e democrático. Isso pode incluir a implementação de políticas e práticas inclusivas, como treinamentos voltados a esses temas, além da criação de grupos com afinidades e a oferta de oportunidades iguais de carreira.

Desenvolvimento profissional: oferta de oportunidades relacionadas ao desenvolvimento profissional para os seus funcionários, incluindo treinamento, mentoria e coaching.

A cultura empresarial pode afetar a motivação, satisfação e desempenho dos funcionários, além de influenciar a imagem e a reputação da organização. Logo, as empresas com cultura empresarial forte são as mais propensas a atrair e reter talentos, melhorar o desempenho dos funcionários, criar uma imagem positiva interna e externamente, tomar decisões mais assertivas e promover a inovação. Por todas essas razões, é imprescindível que as empresas invistam em construir e desenvolver uma cultura empresarial.

Atualmente, existem muitas companhias que são referência de cultura organizacional forte e ativa. Separamos 5 exemplos:

Google: é conhecida por sua cultura inovadora e criativa, que valoriza a colaboração, experimentação e a liberdade de expressão. A empresa oferece benefícios exclusivos aos seus funcionários, como alimentação gratuita, tempo para projetos pessoais e oportunidades de desenvolvimento profissional.

General Electric: fundada em 1892, a GE é uma das organizações mais antigas do mundo. Sua cultura empresarial é tradicional e orientada para o desempenho, valorizando a disciplina, eficiência e qualidade.

Apple: A companhia é conhecida por sua cultura centrada no design e na excelência, que valoriza a criatividade, a simplicidade e a atenção aos detalhes. A empresa tem uma abordagem de liderança forte e inspiradora, liderada pelo fundador Steve Jobs, e oferece uma ampla gama de benefícios aos seus funcionários.

Walmart: a multinacional de varejo norte-americana também tem uma cultura empresarial tradicional, que valoriza a eficiência, disciplina e qualidade do produto, sendo conhecida por sua abordagem de liderança hierárquica e altamente estruturada, a qual pode parecer um pouco antiquada em comparação com outras empresas de varejo mais recentes.

Patagonia: esta é conhecida por sua cultura empresarial responsável e sustentável, que valoriza a responsabilidade social e ambiental, a qualidade do produto e a inovação. A organização oferece uma ampla gama de benefícios aos seus funcionários, como licença paternidade estendida e incentivos para o uso de bicicletas como meio de transporte para chegar ao trabalho.

Caso tenha se interessado em conhecer mais sobre o assunto e, quem sabe, aplicá-lo ao seu negócio, compareça à 11ª edição do Retail Conference - Ecossistemas do Varejo: Inteligente | Humano | Eficiente.

Comments


bottom of page